Dicas de cuidados com a pele no frio

Alguns cuidados com a pele no frio são necessários, já que a baixa temperatura e a diminuição da umidade do ar acabam diminuindo naturalmente a transpiração do nosso corpo. Com isso, ocorre o processo de desnaturação proteica, causando o ressecamento da pele e até mesmo aquele aspecto esbranquiçado nela.

Dermatologista dá dicas de cuidados com a pele no frio

Além das condições que o próprio frio oferece à pele, ainda há o grande hábito de tomar banhos quentes durante os dias de queda de temperatura. Com isso, acabamos removendo a oleosidade característica de nossa pele, diminuindo uma camada natural chamada de manto hidrolipídico.

Portanto, uma das dicas de cuidados com a pele no frio é exatamente relacionada a isso!

“Evite banhos quentes e demorados, se ensaboar demais e fazer uso de buchas. Tudo isso pode alterar a nossa camada lipídica, e, sem essa proteção, a pele fica exposta e sujeita às irritações e dermatites”, orienta a Dra. Mariana Paixão, médica dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologista (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).

Além disso, também é importante não se esquecer do uso do filtro solar de três em três horas, mesmo estando em casa. Isso ajuda a proteger, hidratar e evitar uma pele ressecada no frio.

“A alimentação correta também é fundamental para a saúde de nossa pele. Alimentos como nozes, amêndoas e castanhas, que contêm antioxidantes e vitamina E, devem ser adicionados na dieta”, indica a dermatologista.

Por fim, Mariana faz um alerta com relação ao consumo de água. “Durante o frio, é muito comum as pessoas diminuírem a ingestão de líquidos e isso é um grande erro. Manter a ingestão de água, no mínimo dois litros por dia, é de extrema importância para você manter a sua pele e o seu organismo hidratado”, conclui.

Não deixe de seguir esses cuidados com a pele no frio e aproveite para ler também sobre dicas de como cuidar da pele seca.